Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Select a Page:
Scroll to top

Top

Posts By admin

TMQ – Techniques, Methodologies and Quality – Edição N.o 7

14/03/2017 |

Muitos estudos têm sido feitos sobre as interações entre as iniciativas da qualidade e a mudança cultural nas organizações, estando os resultados, por vezes, muito afastados, desde os que concluíram ser a qualidade um instrumento de mudança cultural, até aos que denunciam a retórica dos especialistas da qualidade, e aos que explicam algumas insuficiências na implementação de sistemas e modelos da qualidade. Isto porque não é seguro que os próprios gestores realizem as suas atividades com a competência e o envolvimento esperados, nomeadamente nos processos de mudança.

Saiba mais aqui.

TMQ – Temático 3 – Saúde | 2016

11/01/2017 |

Este número temático 3 sobre o Setor da Saúde vem na senda dos dois números já publicados sobre o mesmo tema, o que resulta da importância que a TMQ dedica ao setor. Esperamos que este nosso interesse se traduza na publicação frequente de outros números, e com a colaboração de editores convidados.

O setor da saúde tem importância relevante no bem-estar e na qualidade de vida das populações. A gestão de unidades de saúde tem de responder às necessidades e expetativas dos cidadãos. Estas aumentam e diversificam-se, quer por força das maiores exigências dos utentes, quer pelos impactes da evolução demográfica.

How service quality and organizational image influence international students’ satisfaction in higher education institutions

14/03/2017 |
Financial constraints imposed on higher education are forcing higher educational institutions (HEI) to commit themselves to quality standards and develop a market orientation strategy to differentiate themselves from competitors by providing high quality services, and have conduced HEI to look at international students as complementary sourcing revenue. Indeed, more and more students are seeking quality education abroad, in order to develop their personal abilities and skills, and today, in many universities all around the world, international students represent a significant market with their own needs and expectations. The main aim of this research is to analyse the relationship between international students’ perceived service quality and satisfaction, as well as to evaluate the role of organizational image on the relationship between both constructs, in the specific context of higher education institutions. A structural equation modelling approach is applied to data randomly collected from mobility students that are studying or have studied at Portuguese Universities. The results showed that the perceived service quality provided by the universities has a positive impact on students’ satisfaction, that perceived service quality has a positive impact on the organizational image, and that the organizational image has a positive impact on students’ satisfaction.

Relacionando qualidade do serviço, imagem da instituição e satisfação do utente

14/03/2017 |

Avaliar a satisfação dos utentes, relativamente aos serviços de saúde, tornou-se indispensável, para uma adequada gestão dos recursos e uma melhoria do desempenho dos vários intervenientes nesta área. Além de ser um componente da qualidade é também um indicador da mesma.

Neste sentido, pretendeu-se testar e validar um modelo empírico com o propósito de analisar a influência da qualidade apercebida e da imagem da instituição na satisfação do utente, no contexto específico dos cuidados de saúde primários. A abordagem utilizada foi a análise de equações estruturais.

A recolha de dados foi efetuada junto a utentes, de unidades de cuidados de saúde primários, numa amostra final de 584 observações.

Os resultados da investigação mostram que a qualidade apercebida do serviço por parte do utente tem um efeito direto positivo quer na satisfação do utente, quer na imagem da instituição. Por sua vez, a imagem da instituição tem um efeito positivo na satisfação do utente, desempenhando assim um papel mediador entre a qualidade apercebida do serviço e a satisfação.

Integração de Projeto Robusto e a Produção no Contexto de SPC

14/03/2017 |
À semelhança das empresas comerciais e industriais, também as organizações do terceiro setor necessitam de ser sustentáveis. Muitas destas organizações procuram na Gestão da Qualidade e Excelência a resposta para este desafio. Das várias normas e modelos que permitem implementar a Gestão da Qualidade e Excelência, o modelo EQUASS tem obtido um crescente interesse das IPSS. Este estudo discute os impactos da implementação deste modelo em quatro IPSS, duas certificadas com o nível Assurance e outras duas certificadas com o nível Excellence. A metodologia de investigação baseou-se na abordagem do estudo de casos, de natureza qualitativa, e utilizou como técnicas de recolha de dados as entrevistas semiestruturadas, observação e pesquisa documental.

Integração de Metodologias para a Melhoria Contínua de Processos

14/03/2017 |
Nos dias de hoje, os elevados padrões de Qualidade estão de tal forma intrínsecos nas organizações que a população pensa saber o seu real significado, assim como pensam reconhecer a sua capacidade de identificar a Qualidade em qualquer produto ou serviço que utilizem. Desta forma, a necessidade de melhorar continuamente os processos de negócio, que as organizações utilizam para se aproximarem do cliente, é cada vez mais uma urgente.

Estudo de Casos Múltiplos sobre a Implementação da Certificação EQUASS em Portugal

14/03/2017 |
À semelhança das empresas comerciais e industriais, também as organizações do terceiro setor necessitam de ser sustentáveis. Muitas destas organizações procuram na Gestão da Qualidade e Excelência a resposta para este desafio. Das várias normas e modelos que permitem implementar a Gestão da Qualidade e Excelência, o modelo EQUASS tem obtido um crescente interesse das IPSS. Este estudo discute os impactos da implementação deste modelo em quatro IPSS, duas certificadas com o nível Assurance e outras duas certificadas com o nível Excellence. A metodologia de investigação baseou-se na abordagem do estudo de casos, de natureza qualitativa, e utilizou como técnicas de recolha de dados as entrevistas semiestruturadas, observação e pesquisa documental.

Relações Interpessoais de Qualidade: Um Estudo com Estudantes de 2º e 3º ciclos de Escolaridade

14/03/2017 |
As relações interpessoais são fundamentais para o correto desenvolvimento psicológico e social da pessoa. Em contexto escolar, os comportamentos agressivos entre pares (ou bullying) configuram-se o principal problema destas interações, pelo que a sua qualidade dependerá das competências emocionais adquiridas. A presente investigação visa perceber como se relacionam as experiências de agressão e vitimação com as competências emocionais e sociais dos alunos/as. Recorreu-se a uma amostra de 297 estudantes de uma escola de ensino básico, do distrito de Évora. A recolha de informação foi realizada através da Escala de Comportamentos Interpessoais em Contexto Escolar (ECICE) e do Questionário de Inteligência Emocional de Bar-On (EQ-i:YV).

Satisfação Profissional dos Profissionais de Saúde: comparação entre serviços com e sem Sistema de Gestão da Qualidade

13/03/2017 |
A Satisfação Profissional (SP) é um importante indicador do clima e desempenho organizacional e da qualidade dos cuidados prestados na área da saúde. A gestão da qualidade potencia o envolvimento do trabalhador com a organização, reconhecendo a sua importância para o desempenho e produtividade da mesma, o que significa que, teoricamente, leva a uma maior satisfação.

Neste estudo pretende-se averiguar a satisfação profissional dos profissionais de saúde, comparando os que trabalham em serviços com e sem Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ), para verificar se a gestão pela qualidade promove, efectivamente, a SP. Utilizou-se um questionário para medir a satisfação global e específica para cada dimensão e verificar a importância motivacional das mesmas.

Investigación Científica sobre Costes Totales de Calidad publicada en España

13/03/2017 |
A Sustentabilidade e o Desenvolvimento Sustentável vão sendo entendidos de uma forma estranha ao seu próprio conceito. Uma hermenêutica da Sustentabilidade, lida a partir da sua história, poderá contribuir para um conhecimento profundo do seu significado. A partir dos mitos de origem e da criação, consubstancia-se a capacidade argumentativa dos quatro fatores essenciais da Sustentabilidade e da sua Ecologia. Serão eles a ecologia económica, a ecologia ambiental, a ecologia social e a ecologia cultural: quatro noções fundamentais que comporão a história da Sustentabilidade e as suas raízes. Mais recentemente, partindo do século XVI e persistindo até ao século XVIII, as preocupações da ecologia ambiental dos bosques na Alemanha iniciaram um novo percurso rumo à Sustentabilidade. As preocupações foram sendo alargadas até que no século XX a ONU (Organização das Nações Unidas) empreende um conceito mais capilar do “Desenvolvimento Sustentável” o qual prossegue no século XXI. Nesse sentido o presente trabalho, elaborado no âmbito da tese de doutoramento, “Sustentabilidade: Importância das ecologias ambiental, social e cultural na ecologia económica – caso das indústrias exportadoras do metal”, pretende ser introdutor duma perceção mais substantiva da Sustentabilidade.

Hermenêutica histórica da sustentabilidade

13/03/2017 |
A Sustentabilidade e o Desenvolvimento Sustentável vão sendo entendidos de uma forma estranha ao seu próprio conceito. Uma hermenêutica da Sustentabilidade, lida a partir da sua história, poderá contribuir para um conhecimento profundo do seu significado. A partir dos mitos de origem e da criação, consubstancia-se a capacidade argumentativa dos quatro fatores essenciais da Sustentabilidade e da sua Ecologia. Serão eles a ecologia económica, a ecologia ambiental, a ecologia social e a ecologia cultural: quatro noções fundamentais que comporão a história da Sustentabilidade e as suas raízes. Mais recentemente, partindo do século XVI e persistindo até ao século XVIII, as preocupações da ecologia ambiental dos bosques na Alemanha iniciaram um novo percurso rumo à Sustentabilidade. As preocupações foram sendo alargadas até que no século XX a ONU (Organização das Nações Unidas) empreende um conceito mais capilar do “Desenvolvimento Sustentável” o qual prossegue no século XXI. Nesse sentido o presente trabalho, elaborado no âmbito da tese de doutoramento, “Sustentabilidade: Importância das ecologias ambiental, social e cultural na ecologia económica – caso das indústrias exportadoras do metal”, pretende ser introdutor duma perceção mais substantiva da Sustentabilidade.

VII Encontro de Tróia

02/12/2016 |
O VII Encontro anual da RIQUAL realizou-se no dia 3 de junho de 2016 no Hotel Aqualuz em Tróia. Após 2 anos de realização fora, decidimos regressar ao local de origem, prática que pretendemos manter no futuro. Assim, nos próximos dois anos o Encontro realizar-se-á nas regiões Norte e Centro. O VII Encontro contou com 60 inscrições e 26 comunicações.

Em 2019 regressaremos a Tróia para o X Encontro, o qual pretendemos comemorar de forma adequada.

Abordagem por Processos

11/01/2017 |
Este artigo aborda a fase dos testes prévios à condução do Planeamento de Experiências (DOE), usando pela primeira vez uma ferramenta da área dos sistemas de engenharia para uma melhor definição do problema de qualidade a analisar, permitindo também uma melhor seleção dos fatores controláveis e respetivos níveis e gamas operatórias. Esta nova ferramenta, baseada numa amplamente conhecida ferramenta de sistemas de engenharia chamada Matriz de Estrutura de Projeto (DSM), foi denominada como Matriz de Não-Conformidades (NCM), sendo uma matriz que sistematiza as não-conformidades originadas ao longo da linha de produção, destacando as inter-relações entre elas de uma forma estruturada. O artigo também aborda as principais diretrizes a ter em conta quando se realizam os testes prévios ao desenho de experiências escolhido, tendo como base uma caso de estudo real de um processo de fabricação de bens de consumo, i.e. aerossóis em folha-de-flandres. Esta nova proposta permite uma modelação holística de todo o sistema de produção, tendo-se revelado uma ferramenta valiosa para uma aplicação mais eficaz do DoE.

Palavras-Chave: Matriz de Não-Conformidades, Planeamento de Experiências, Testes pré-experimentais.

TMQ – Número Especial – Técnicas Avançadas da Qualidade

01/11/2016 |

Este número especial sobre Técnicas Avançadas vem na senda do número sobre Abordagens Lean, o qual teve a coordenação de um Editor Convidado. Esperamos que, após este segundo caso, outros números especiais possam também ser editados com a colaboração de outros Editores Convidados.

As dinâmicas em que as organizações têm de desenvolver as suas atividades apresentam muitas pressões para resultados impactantes de curto prazo, o que, por um lado, leva os decisores a privilegiarem abordagens que respondam a essa necessidade (como é o caso das abordagens Lean), mas por outro lado, tendem a esquecer outras técnicas e métodos com resultados provados, mas com maior grau de complexidade.

Caracterização profissional e grau de satisfação dos licenciados em Fisioterapia da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa

11/01/2017 |
Este estudo tem como finalidade fazer um levantamento sobre o percurso profissional e a satisfação dos alunos que concluíram a Licenciatura em Fisioterapia na ESTeSL entre os anos de 2009 e 2011. A recolha de dados foi efetuada através de um questionário elaborado para o efeito que foi enviado por correio eletrónico. O tratamento estatístico foi realizado através do software SPSS. Responderam ao questionário 53 elementos, 38 do sexo feminino e 15 do sexo masculino, com média de idades de 25 anos e média da nota final de 15,36 valores. Relativamente às variáveis em estudo observamos que 73,58% dos licenciados obtiveram o seu primeiro emprego entre 0 e 6 meses após a conclusão do curso. A maior parte dos licenciados, tiveram um (28,30%) ou dois (26,42%) empregos em seu percurso profissional e 13,21% ainda não tiveram qualquer emprego. Atualmente 35,85% encontram-se em regime de prestação de serviços e 30,19% estão desempregados. Constatamos que a maior parte (67,57%) aufere menos de 750 euros líquidos por mês. A maioria (56,60%) nunca frequentou formação adicional. Quanto à satisfação com a situação profissional, 35,85% estão “Pouco satisfeitos” e 30,19% estão “Satisfeitos” ou “Nada satisfeitos”. Com relação ao percurso profissional a maioria se considera “Satisfeito” (37,74%) ou “Pouco satisfeito” (33,96%). Quanto à situação da profissão, 49,06% afirma que a situação dos fisioterapeutas em Portugal está “Má” e 43,40% consideraram a situação “Insuficiente”. Quanto ao grau de satisfação com a formação, a grande maioria (60,38%) considera-se “Satisfeito”. Este estudo é importante para conhecer a opinião dos recém-licenciados quanto à formação recebida, encontrar soluções que contribuam para uma melhoria da empregabilidade e inserção profissional e também para uma melhor adequação dos cursos às necessidades do mercado de trabalho e à realidade da atividade profissional.

Palavras-Chave: Fisioterapia, formação, inserção profissional, satisfação profissional.

Recuperar Password

Por favor, introduza o seu e-mail. Vai receber uma nova password via e-mail.