FORGES Volume 3 / Número 1

Forges-V2-N1-Banner
Forges-v2-n1-Capa

No ano de 2014 iniciámos a publicação da Revista FORGES,tendo sido publicado até ao momento dois volumes. Em 2016 queremos que a Revista FORGES assuma a periodicidade de bi-anual,fomentando dessa forma a publicação de artigos em língua portuguesa na área da gestão e das políticas de ensino superior.

Com esse objectivo, apresenta-se agora o terceiro número da Revista FORGES, que engloba 6 interessantes artigos que incidem em temas relevantes e diversifi cados, que estão na ordem do dia na educação superior de Angola, Brasil e Cabo Verde.

Saiba mais em www.aforges.org

Índice

Sistema de avaliação e de garantia da qualidade do ensino superior em Angola: um dispositivo em construção

MARIA DA CONCEIÇÃO BARBOSA MENDES



Política do cotidiano no contexto da globalização: um olhar sobre desafios da gestão didático-pedagógica no ensino superior

MARIA DA CONCEIÇÃO CARRILHO DE AGUIAR



O ensino superior em Cabo Verde: fundações e fundamentos

MARIA ADRIANA B. G. SOUSA CARVALHO



Ensino superior em Angola: desafios e oportunidades ao nível institucional

CRISTOVÃO SIMÕES // MARIA DO ROSÁRIO SAMBO // ALBANO FERREIRA // MÁRIO FRESTA



Instituições de ensino superior: como e porquê diagnosticar seu DNA?

ANTONIO VICO MAÑAS



As competências do professor na história do ensino superior Angolano

TERESA ALMEIDA PATATAS



Editorial

No ano de 2014 iniciámos a publicação da Revista FORGES, tendo sido publicado até ao momento dois volumes. Em 2016 queremos que a Revista FORGES assuma a periodicidade de bi-anual, fomentando dessa forma a publicação de artigos em língua portuguesa na área da gestão e das políticas de ensino superior.

Com esse objectivo, apresenta-se agora o terceiro número da Revista FORGES, que engloba 6 interessantes artigos que incidem em temas relevantes e diversificados, que estão na ordem do dia na educação superior de Angola, Brasil e Cabo Verde:

- “Sistema de avaliação e de garantia da qualidade do ensino superior em Angola: um dispositivo em construção”, de Maria daConceicão Barbosa Mendes;

- “Política do cotidiano no contexto da globalização: um olhar sobre desafios da gestão didáctico-pedagógica no ensino superior”, de Maria da Conceição Carrilho de Aguiar;

- “O ensino superior em Cabo Verde: fundações e fundamentos”, de Maria Adriana B. G. Sousa Carvalho.

- “Ensino superior em Angola: desafios e oportunidades ao nível institucional”, de Cristóvão Simões, Maria do Rosário Sambo, Albano Ferreira e Mário Fresta;

- “Instituições de ensino superior: como e por quê diagnosticar seu DNA?”, de António Vico Mañas;

- “As competências do professor na história do ensino superior Angolano”, de Teresa Almeida Patatas.

Luisa Cerdeira

Lisboa, 3 de Fevereiro de 2016