Divulgações sobre o Justo Valor nas empresas cotadas em Portugal

2.00

XIASHAN WU • ANA MORAIS

Resumo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informação adicional

Índice

1. INTRODUÇÃO
2. REVISÃO DA LITERATURA E HIPÓTESES
3. ESTUDO EMPÍRICO
3.1. OBJETIVO
3.2. AMOSTRA
3.3. METODOLOGIA
3.4. RESULTADOS
4. CONCLUSÕES

Curriculum Vitae

JXiashan Wu has received a master from ISEG – Lisbon School of Economics and Management, Universidade de Lisboa in 2015.

Ana Isabel Morais has received a Ph.D. from the ISCTE Business School – Portugal, Lisbon in 2000. Is now an Associate Professor at the Management Department of the ISEG – Lisbon School of Economics and Management and a Researcher of Advance/CSG. Her research interests are in the area of Financial Accounting.

Referências Bibliográficas

Brito, L. e Vasconcelos, F. (2004). Desempenho das Empresas Brasileiras: Efeitos Ano, Ramo de Negócios e Firma Individual. Brazilian Administration Review – BAR 1 (1).

Brown, S. e Hillegeist, S. (2007). How disclosure quality affects the level of information asymmetry. Review of Accounting Studies 12 (2-3), 443–477.

Comissão de Normalização Contabilística (2010). Histórico da adopção das IAS / IFRS [Em linha]. Disponível em:http://www.cnc.min-financas.pt/_siteantigo/sitecnc_IAS.htm [Acesso em: 10/08/2014].

Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (2014). Consulta por Entidades Emitentes / Sociedades Abertas [Em linha].Disponível em:http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/cons_ent_soc_ab.cfm [Acesso em: 30/06/2014].

Comissão Europeia (2002). Regulamento (CE) N.º 1606/2002 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 19 de Julho de 2002 [Em linha].Disponível em: http://www.cnc.minfinancas.pt/pdf/IAS_IFRS_UE/Reg_1606_02_IAS_pt.pdf [Acesso em: 01/05/2014].

Comissão Europeia (2006). Regulamento (CE) N.º 1725/2003 da Comissão, de 21 de Setembro de 2003 – Versão Consolidada a 30 Janeiro 2006 [Em linha].Disponível em:http://www.cnc.minfinancas.pt/_siteantigo/IAS_SIC/Reg_1725_2003_IAS_pt_consolidado_30jan06.pdf [Acesso em: 10/08/2014].

Comissão Europeia (2013). Regulamento (CE) n.º 1126/2008 da Comissão de 3 de novembro de 2008 – Versão Consolidada a 27 março 2013 [Em linha]. Disponível em:http://www.cnc.minfinancas.pt/pdf/IAS_IFRS_UE/Reg_1126_2008_consol_a_27mar2013(reg301).pdf [Acesso em: 01/05/2014].

Comissão Europeia (2014). Regulamento (CE) n.º 1126/2008 da Comissão de 3 de novembro de 2008 – Versão Consolidada a 20 Novembro 2013 [Em linha]. Disponível em: http://www.cnc.minfinancas.pt/pdf/IAS_IFRS_UE/REGUL_1126_2008_consol_a_20nov2013(reg1174).pdf [Acesso em: 15/09/2014].

Cunha, J. e Ribeiro, M. (2008). Divulgação voluntária de informações de natureza social: um estudo nas empresas brasileiras. Revista de Administração – Eletrônica 1 (1).

Cunha, P. (2009). O grau de cumprimento com os requisitos previstos na IAS 16: Estudo das empresas cotadas em Espanha. Dissertação de Mestrado, ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

Devalle, A. e Rizzato, F. (2011). Fair value application and disclosure of investment properties (IAS 40). International Journal on GSTF Business Review 1 (1), 8-15.

Duque, J. (2008). Em defesa do justo valor. Revista TOC 105, 34-35.

Glaum, M. e Street, D. L. (2003). Compliance with the Disclosure Requirements of Germany’s New Market: IAS Versus US GAAP. Journal of International Financial Management and Accounting 14, 64-100.

Gouveia, J. (2009). Para um debate saudável: custo histórico versus justo valor. Revista TOC 113, 28-31.

Guerreiro, M. (2006). Impacto da adopção das International Financial Reporting Standards: factores explicativos do nível de informação divulgada pelas empresas portuguesas cotadas. Contabilidade e Gestão (3), 7-32.

Lopes, P. e Rodrigues, L. (2007). Accounting for financial instruments: An analysis of the determinants of disclosure in the Portuguese stock exchange. The International Journal of Accounting 42, 25–56.

Matiş, Damian, M. e Bonaci, C. (2013). Fair value measurement disclosure: Particularities in the contexto of listed companies and European funding. Annales Universitatis Apulensis Series Oeconomica 15 (1), 40-53.

Owusu-Ansah, S. (1998). The impact of corporate attributes on the extent of mandatory disclosure and reporting by listed companies in Zimbabwe. The International Journal of Accounting 33 (5), 605-631.

Sousa, A. (2011). Custo Histórico versus Justo Valor. Dissertação de Mestrado, Instituto de Contabilidade e Administração do Porto.

Street, D. L. e Gray, S. J. (2002). Factors influencing the extent of corporate compliance with International Accounting Standards: summary of a research monograph. Journal of International Accounting, Auditing and Taxation 11 (1), 51-76.

Teixeira, S. (2012). Justo valor como método de mensuração: opção das empresas cotadas na Euronext Lisboa. Dissertação de Mestrado, Universidade do Algarve.

Wallace, R. S. e Naser, K. (1995). Firm-specific determinants of the comprehensiveness of mandatory disclosure in the corporate annual reports of firms listed on the stock exchange of Hong Kong. Journal of Accounting and Public Policy 14 (4), 311-368.

Zarzeski, M. T. (1996). Spontaneous harmonization effects of culture and market forces on accounting disclosure practices. American Accounting Association Accounting Horizons 10 (1), 18-37.